Os 6 maiores engenheiros civis da história

Na história da engenharia civil tivemos grandes nomes, profissionais que marcaram época e deixaram suas marcas seja pelas grandes e famosas obras, pelos estudos ou pelo pioneirismo nas técnicas construtivas.

Esta lista, traz nomes como o lendário Leonardo da Vinci, Elmina Wilson e o brasileiro Francisco Preste Maia.

1- Gustave Eiffel

Gustave Eiffel, formado em engenharia e também arquitetura, foi o engenheiro responsável pela construção da Torre Eiffel, que hoje é um dos maiores símbolos de Paris (e marco da revolução industrial). Além desta marcante obra europeia, ele também colaborou para o projeto de outras edificações famosas, como o Viaduto Garabit, na França, e a famosa Estátua da Liberdade (EUA).

2- Francisco Prestes Maia

Formado em engenharia civil e arquitetura, Francisco Maia fez história. Foi professor e planejador urbano, além de ter sido por três vezes prefeito de São Paulo. Responsável pelo projeto de reestruturação da cidade, que hoje está entre as 10 maiores metrópoles do mundo, também comandou a construção de respeitáveis obras públicas que facilitaram a circulação e o acesso a capital paulista.

3- Robert Maillart

Conhecido por revolucionar o uso do concreto armado em sua época, o Engenheiro Civil Robert Maillart era de origem Suíça.  Ele revolucionou, ao incorporar elementos como o arco de três articulações, as lajes de assoalho sem emenda e o teto em forma de cogumelo para edifícios industriais.

Em 1991, a ponte Salginatobel, na Suíça, um dos destaques do trabalho de Maillart, foi declarada como um marco histórico da engenharia civil pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis. Além desta, existe outra ponte, a Schwandbach, também na Suíça que junto da Salginatobel revolucionou a estética e a técnica construtiva de pontes da época, e ainda, influenciou uma geração inteira de arquitetos e engenheiros.

4 – Thomas Telford

Thomas, era de origem escocesa e foi pedreiro, arquiteto e engenheiro civil. Ele ganhou destaque pela construção de estradas, pontes e canais. Comandou diversos projetos de infraestrutura em seu país natal, tendo construído túneis, portos e rodovias, além de 40 igrejas em comunidades do interior.

Telford dominava a maioria das técnicas construtivas da época, fundou e foi o primeiro presidente da Instituição de Engenheiros Civis (ICE), em Londres.

4- Elmina Wilson

Elmina Wilson, marcou e fez história, ela foi a primeira mulher a se tornar Engenheira Civil nos Estados Unidos. Também foi a primeira mulher a adentrar o corpo de professores da Universidade de lowa. Um de seus primeiros trabalhos, foi na própria universidade, como assistente no projeto da Marston Water Tower.

Ainda enquanto cursava a graduação, para ganhar experiência, Elmina foi voluntária em escritórios de engenharia e arquitetura. Após se formar, ela se tornou especializada na construção de arranha-céus. Elmina, não só marcou a história, ela abriu caminhos para que outras mulheres também ingressassem na Engenharia e desafiassem o preconceito contra a presença feminina nas universidades da época.

6 – Irmãos Rebouças

Antonio Rebouças e André Rebouças, são dois irmãos nascidos na Bahia e considerados os primeiros afrodescentes brasileiros a cursar uma universidade. São, os dois maiores engenheiros do Brasil do século XIX. Graças a eles, e ao seus empenhos e perseverança que hoje Curitiba é a capital do Paraná. Assim que se formaram na Europa, os irmãos se especializaram na construção de estradas. Quando desembarcaram no Paraná, assumiram parte da responsabilidade de transformar uma província ainda em Construção.

Alguns dos legados dos engenheiros são, o chafariz na Praça Zacarias, em Curitiba, a Estrada da Graciosa, a Ferrovia Paranaguá-Curitiba (considerada a maior obra da engenharia férrea nacional) e o Parque Nacional do Iguaçu.

Gostou desse conteúdo? Deixa teu like e comentário!

Blog no Apê da Liza

Acessar o blog